MeuSPY

WeSEO - Making your ideas happen!

http://weseo.site/userinfo.php?do=profile&userinfo=marcelino-chappell.17599&op=userinfo&mod=space&name=Your_Account




Cientistas desvendam vigente processo que garante dobrar diamantes

O diamante é um dos conhecimentos mais resistentes do planeta, entretanto cientistas descobriram uma nova esquema de fazê-lo dobrar mais desde que deformar. Para adquirir isso, os pesquisadores precisaram trabalhar nas menores escalas possíveis. O sabedoria foi corrente na Advanced Materials.

Ao espelhar um campo elétrico com destino a nanoneedles (agulhas do amplidão nanométrico) de diamante junto a apenas 20 nanômetros de extensão (cerca de dez mil vezes inferior que um felpa de penugem humano), os pesquisadores conseguiram fazê-los dobrar a 90 graus sem na hipótese de partir.

Foi utilizado um microscópio eletrônico de varredura para o tratado de empurrar, o que não inicia maior vício ou dano no diamante, nada obstante produz carga eletrostática o mediano para as agulhas senão dobrarem. Todo o processo é reversível.

Essa triunfo notável pode existir uma heterogeneidade de aplicações em contato com segundo o diamante é gasto - no armazenamento de energia, na direção de conhecimentos de proteção ou até também na computação quântica - ainda assim os cientistas afirmam que seu monografia também aprendizado em contato com possíveis desafios da nanotecnologia.

Reprodução

"O diamante é o pioneiro no sentido de aplicações emergentes no sentido de nanofotônica, métodos mecânicos microelétricos e proteção sobre radiação", conta o cientista assunto Blake Regan, da Universidade de Tecnologia de Sydney (UTS), na Austrália.

"Precisamos capacidades como esses noções na condição de comportam na direção de escala nanométrica - como dobram, senão deformam, mudam de estado, racham. E igualmente não tivemos essas informações para o diamante monocristalino", explicou Regan.

Regan e seus colegas estão interessados a consoante as patrimônio mecânicas dos noções podem na condição de trocar quando são utilizadas amostras muito pequenas deles. Eles fizeram simulações de dinâmica molecular mais junto a seus experimentos para apurar os mecanismos subjacentes.

Além de dobrar as nanoneedles de diamante para frente e para trás, os cientistas observaram também um novo tipo de deformação plástica, onde as agulhas simplesmente não no caso de curvaram para trás. Isso só foi quando as dimensões das nanoneedles mais a orientação dos cristais de diamante foram definidas de uma estratégia muito específica.

Reprodução

Além disso, a associação descobriu um corrente classe hipotético de carbono como esfera de suas simulações, que eles chamaram de carbono O8: o diamante parece estar colocado sob tensão, em companhia de os vínculos quebrando progressivamente, como um zíper.

Todas essas descobertas são muito úteis tanto no proficiência do diamante como no ilustração da nanotecnologia a geral. Obter cortes de diamante com ele tamanho não é um tanto fácil atualmente, todavia pode carregar muitos usos potenciais no futuro.

Os pesquisadores por trás do domínio mais moderno não são os primeiros a notar como dobrar o diamante sem quebrá-lo: resultados semelhantes foram divulgados há dois anos mais também envolviam nanoneedles, entretanto foram criadas mais testadas de formas diferentes.

"Essas são juízos muito importantes em contato com a dinâmica de consoante os fatos nanoestruturados distorcem e dobram, mais em concordância com a alteração dos parâmetros de alguma nanoestrutura pode mudar qualquer alguma de suas objetos físicas de mecânica para magnética também para óptica", dá o físico Igor Aharonovich, da UTS.

"As aplicações potenciais da nanotecnologia são cabal diversas. Nossas descobertas apoiarão o design mais a engenharia de novos dispositivos no sentido de aplicações consoante super capacitores quer filtros ópticos ou até filtragem de ar", concluiu.

Via: ScienceAlert




http://www.espiaodecelulargratis.com.br/2020/02/cientistas-desvendam-novo-metodo-que.html

Todos os direitos reservados CrieDescrie